MT: CUTistas vencem eleição nos Rodoviários de Juiz de Fora
By Administrador On 30 nov, 2015 At 06:00 PM | Categorized As CUT Nacional | With 0 Comments

A Chapa 3, Rodoviários na Luta, de oposição e da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), venceu a eleição do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Juiz de Fora (Sinttro-JF). Os CUTistas receberam 518 votos, contra 458 da chapa 2, bancada pela UGT; e 474 da chapa 1, de situação e da Nova Central. A votação foi encerrada na sexta-feira (27), mesmo dia em que houve a apuração. A posse, para a gestão 2016/2020, está programada para 29 de março.

“Estamos muito satisfeitos e vamos agradecer aos rodoviários pela confiança no nosso trabalho. Quem ganhou a eleição foram os rodoviários, que não tinham voz no Sindicato e agora vão ter. Quem decidia era uma minoria e, agora, será a maioria. Vamos lutar juntos por conquistas. As demandas são muitas e ainda temos que fazer cumprir os acordos. Não foram cumpridas as escalas, as viradas de turno. Vamos trabalhar muito nas garagens para melhorar as condições de trabalho, que não vem acontecendo”, afirmou Vagner Evangelista Correia, eleito presidente do Sinttro-JF.

“Somos muito gratos à CUT por todo o apoio que nos deu e ainda nos dá. Não vamos largar a CUT, como a direção atual fez. Eles viraram as costas para a CUT e para os rodoviários. Vamos empunhar a bandeira dos rodoviários junto com a Central. Vamos nos filiar à CUT”, assegurou Vagner Evangelista Correia, que tem 45 anos, é rodoviário há 24 anos e trabalha na Pontal Filial.

A posse da nova diretoria está prevista para 29 de março, mas os integrantes da Chapa 3 pretendem antecipá-la. “Vamos tentar antecipar, pois teremos que negociar com os patrões em março. A data-base da categoria é 1° de fevereiro. Queremos entrar no Sindicato já negociando com os patrões”, disse Vagner Evangelista Correia.

“Foi uma vitória sofrida, mas muito boa. Construímos a Chapa 3, que reflete um processo de oposição por um Sindicato democrático, transparente, combativo e atuante. A atuação unificada da Direção Estadual da CUT/MG, da CUT Regional Zona da Mata e dos sindicatos CUTistas foi fundamental para conquistarmos a vitória. Foi muito efetiva. Discutimos com a situação, os problemas e as demandas dos rodoviários e a CUT nos deu todo apoio político e logístico neste processo”, disse Chico Oliveira, coordenador da campanha da Chapa 3, Rodoviários na Luta.

“A Chapa foi construída com a voz dos trabalhadores, que se manifestaram em assembleias, reuniões. Essa trajetória resultou em propostas básicas, como melhoria no piso salarial, a construção da participação nos lucros e resultados, no processo de um plano de saúde que atenda rodoviários, famílias e aposentados, a luta pela jornada de trabalho diária de 6 horas e 30 minutos. Definimos que é preciso ter ações coletivas para o pagamento de insalubridade e lutar por coisas básicas, como a construção de banheiros nos pontos finais. Se conseguirmos reduzir a jornada de trabalho, o rendimento e as condições de trabalho vão melhorar. Os trabalhadores estão estressados“,  acrescentou Chico Oliveira.

 




Fonte/extraído de: MT: CUTistas vencem eleição nos Rodoviários de Juiz de Fora

comment closed