CUT Bahia repudia prisão de dirigentes sindicais
By Administrador On 27 jul, 2015 At 10:00 AM | Categorized As CUT Nacional | With 0 Comments

A CUT Bahia torna público o seu veemente repúdio à prisão dos dirigentes sindicais Edson Conceição e Ana Angélica Rabelo, do Sindilimp, na manhã deste sábado, 25 de julho. Os dirigentes, assim como como todos os trabalhadores e trabalhadoras de limpeza, conservação e asseio que prestam serviços ao Estado realizavam uma manifestação pacífica, justa e ordeira, na defesa do pagamento dos salários e benefícios dos trabalhadores, que apesar terem prestado os serviços para os quais foram contratados, encontram-se há meses sem receber salários.

A situação torna-se ainda mais grave e lamentável, considerando que a presidência da CUT Bahia protocolou na véspera da lastimosa situação, um ofício endereçado ao Governador da Bahia, Rui Costa, em que pedia mais atenção e respeito a estes profissionais, além do empenho na resolução e a garantia dos direitos trabalhistas que lhes estão sendo negados.

  A CUT Bahia é solidária aos companheiros Edson e Ana Angélica, trabalhadores profissionais e dirigentes sindicais de conduta ilibada e idônea, e que de forma arbitrária, tiveram suas imagens maculadas por uma Polícia Militar, que mais uma vez, agiu de maneira despreparada e desrespeitosa.  

Um governo dito democrático, eleito com a força desses trabalhadores, que apostaram ser ele uma alternativa e que acreditaram neste projeto jamais poderia agir dessa maneira.

A CUT, as entidades sindicais CUTistas e seus militantes não se intimidarão e seguirão lutando, de forma pacífica e democrática, pela melhoria salarial e das condições de vida dos trabalhadores de toda a população no estado da Bahia.

Se ai intenção do governo e do governador é calar os sindicatos e os trabalhadores o recado que fica é o seguinte: a CUT, o Sindilimp e as entidades sindicais CUTistas e seus militantes não se intimidarão e seguirão lutando, de forma pacífica e democrática, pela melhoria salarial e das condições de vida dos trabalhadores de toda a população no estado da Bahia.




Fonte/extraído de: CUT Bahia repudia prisão de dirigentes sindicais

comment closed