O 10º CECUT-MS reconduziu Genilson Duarte para presidir a Central no quadriênio 2015-2019
By Administrador On 31 ago, 2015 At 06:00 PM | Categorized As CUT Nacional | With 0 Comments

O 10º Congresso Estadual da CUT Mato Grosso do Sul foi realizado na sede do SIMTED (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) da cidade de Ponta Porã, durante os dias 27, 28 e 29 de agosto.

Estiveram presentes cerca de 250 (duzentos e cinqüenta) delegados e delegadas, além de suplentes, observadores e convidada/os, que debateram a conjuntura internacional, nacional, estadual e também discutiram propostas organizativas para a central em sua nova gestão.

A Plenária Final do 10º CECUT-MS reconduziu Genilson Duarte para o cargo de Presidente da Central e elegeu também a nova direção, que será responsável por dirigir a CUT-MS durante o período 2015-2019.

Em seu discurso, o Presidente da CUT-MS, Genilson Duarte agradeceu a todos os ramos que democraticamente construíram a chapa única de candidatos à nova gestão da central, em referência à necessidade política de unidade no próximo período, Duarte afirmou, “a nossa unidade, ela vai se dar lá fora, na rua, na luta, que nós sabemos muito bem fazer, a Central Única dos Trabalhadores nunca fugiu da rua, nunca esteve ausente das principais lutas colocadas neste país”, disse.

Genilson Duarte também fez referência ao projeto neoliberal eleito ao governo do estado do Mato Grosso do Sul, capitaneado por Reinaldo Azambuja (PSDB) que defende ações de governo, que visam retirar direitos dos trabalhadores, à exemplo da privatização de hospitais, via OS (Organizações Sociais), o que significa que provavelmente, a CUT-MS também terá que voltar às ruas para defender os direitos dos trabalhadores, contra o projeto tucano de estado mínimo.  

Em regime de votação, a chapa única foi eleita por contraste visual, com ampla maioria de votos, sendo que houve aproximadamente 10 (dez) votos contrários à chapa e 1 (uma) abstenção.

Depoimentos – 10º CECUT-MS

Reproduzimos abaixo, declarações realizadas durante o 10º Congresso Estadual da CUT-MS, oferecidas por importantes dirigentes sindicais, que acompanharam o evento.

Fátima Silva, Vice-Presidenta da Internacional para a Educação da América Latina:

“Este Congresso da CUT é um congresso de 250 participantes, creio que é o maior congresso da história da central em nosso estado. Participar do debate de análise de conjuntura foi um momento rico, porque teve as intervenções locais. Fazer a leitura de Mato Grosso do Sul é pensar o momento do seu desenvolvimento do ano de 2015 que tem que dar resposta ao meio ambiente, à sua economia e à sua gente”. 

Quintino Severo, Secretário Nacional de Administração e Finanças da CUT Nacional:

“O Congresso da CUT Mato Grosso do Sul iniciou com muita representatividade… é uma surpresa positiva estar aqui no Congresso com uma ampla delegação inscrita, credenciada, participando, e eu acredito que a participação agora no congresso nacional vai ser muito importante, porque Mato Grosso do Sul tem uma realidade peculiar no Brasil, que é a transformação que o estado está sofrendo e que eu tenho certeza que a contribuição daqui para o Congresso Nacional, vai ajudar também a CUT nacional a refletir e agir, nesta transformação que o Mato Grosso do Sul está tendo”.

Expedito Solaney, Secretário de Políticas Sociais da CUT Nacional:

“O Estado do Mato Grosso do Sul, para a CUT nacional, é um dos principais estados, o 10º CECUT-MS entra nessa agenda de forma muito importante, ou seja, o estado com o tamanho do desenvolvimento econômico e social tem que estar sintonizado com a atuação da CUT Mato Grosso do Sul e com a CUT nacional olhando para esse estado, então este debate de conjuntura estadual, junto com o debate de conjuntura nacional arma e organiza os delegados e delegadas deste congresso, para fazer um bom plano de lutas, para garantir a CUT forte a CUT na rua, organizando os trabalhadores do Mato Grosso do Sul, de Campo Grande que é a capital, para dar um passo além, ou seja, de garantir a presença dos trabalhadores na disputa política e econômica do estado de Mato Grosso do Sul”.  

Prestigiada

A mesa de abertura do 10º CECUT-MS foi composta por Quintino Severo, Secretário Nacional de Administração e Finanças da CUT, Genilson Duarte, Presidente da CUT-MS, Sônia Cintas Vice-Prefeita de Ponta Porã, Antonio Carlos Biffi ex-Deputado Federal, Vitória Elfrida Antunes, Presidenta do SIMTED de Ponta Porã, Fátima Silva Vice – Presidenta da Internacional da Educação para a América Latina, Yves Drosghic Superintendente Regional do Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso do Sul e Ricardo Ayache, Presidente da CASSEMS.

Homenagem

Nesta edição, o 10º Congresso Estadual da CUT-MS homenageou Alexandre Takachi de Sá, dirigente sindical do SINTECT-MS (Sindicato dos Trabalhadores em Correios, Telégrafos e Similares do Mato Grosso do Sul) que faleceu em um acidente de carro na noite de 10 de Junho de 2014, na BR 060 entre Sidrolândia e Campo Grande, quando este retornava de uma Assembleia de Base realizada na cidade de Dourados-MS.




Fonte/extraído de: O 10º CECUT-MS reconduziu Genilson Duarte para presidir a Central no quadriênio 2015-2019

comment closed