Na luta pela Comcap Pública vereadores assinam requerimento de CPI
By Administrador On 20 nov, 2015 At 05:00 PM | Categorized As CUT Estadual SC | With 0 Comments

Está dando o que falar a reportagem especial do Jornal Notícias do Dia sobre a privatização da Companhia de Melhoramentos da Capital – Comcap. A reportagem que foi publicada cinco dias consecutivos, de 26 a 30 de outubro, no jornal de propriedade do grupo Ric Record e que circula em toda a região de Florianópolis, chegou à trazer em seu editorial a privatização da estatal, sugerindo como melhor alternativa para sanar as dívidas da companhia.

A Comcap que já enfrenta problemas financeiros e de estrutura, sofre ao longo dos últimos anos um sucateamento e falta de investimentos por parte dos prefeitos e gestores. Atualmente, o custo mensal para manutenção da empresa é de R$ 14 milhões, mas apenas R$ 9,6 milhões são repassados pelo executivo. Ao fim deste ano, a empresa deve fechar o balanço com um déficit de quase R$ 50 milhões, que se somam a uma dívida previdenciária de aproximadamente R$ 150 milhões.

Todos estes temas e a reportagem tendenciosa do Grupo Ric Record (mesmo grupo que trabalha o pai do prefeito da cidade, o apresentador e político César Souza), foram abordados na Audiência Pública da Câmara de Vereadores de Florianópolis, que aconteceu no último dia 19 de novembro.

O auditório ficou lotado, principalmente por trabalhadores e trabalhadoras da Comcap, que foram na Câmara de Vereadores defender os seus empregos e mostrar o valor do seu trabalho na limpeza da cidade. Representados pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis – Sintrasem, o presidente do sindicato Alex Santos e o Diretor Financeiro, Marcio Nascimento fizeram sua explanação em defesa da Comcap Pública.

Alex frisou que o serviço público é mais barato e com maior qualidade e, ainda, destacou a quantia de dinheiro da Comcap, destinada para uma empresa privada que retira o lixo da capital e leva até o aterro de Biguaçu. “São mais de 25 milhões de reais que a Prefeitura paga para uma empresa privada realizar esse serviço, nós já temos projetos e estudos que a Comcap poderia ter um aterro público”, sugeriu Alex.

Anna Julia Rodrigues, presidenta da CUT-SC, acompanhou a Audiência Pública e fez a sua defesa aos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público. Segundo ela, o prefeito César Souza Júnior do PSD, deve cobrar dos sonegadores de impostos para que paguem suas dívidas e que esse dinheiro dos sonegadores seja revertido para pagamento de dívidas trabalhistas da Comcap e investimentos na estatal.

No final da audiência pública os legisladores requereram a abertura de CPI para averiguar desvios de verbas e improbidade administrativa. O requerimento será encaminhado para o presidente da Câmara de Vereadores para abertura do processo de investigação.




Fonte/extraído de: Na luta pela Comcap Pública vereadores assinam requerimento de CPI

comment closed