11 de Novembro de 2016. É GREVE GERAL!
By Siserp Criciúma On 4 nov, 2016 At 04:33 PM | Categorized As Destaques, Multimídia, Notícias, Slides | With 0 Comments

assembleia

11 de Novembro de 2016. Trabalhadoras e trabalhadores de norte a sul do Brasil cruzarão os braços pelos nossos direitos. É GREVE GERAL!

Em Criciúma, as(os) trabalhadoras(es) do Serviço Público Municipal decidiram pela greve na Assembleia Geral realizada na noite do dia 3 de novembro, na sede do sindicato. Decidiram também pelo Ato na praça (da Catedral) Nereu Ramos a partir das 7h30 da manhã, no dia 11 de novembro, por nenhum direito a menos, em companhia de metalúrgicos, químicos, comerciários, ferroviários, mineiros, servidores do Estado e outras categorias da Classe Trabalhadora.

Também farão greve os servidores de Nova Veneza, Treviso, Cocal do Sul e Siderópolis, que estarão presentes no Ato em Criciúma. Trabalhadores de Urussanga decidem hoje na Assembleia.

Há um golpe sendo realizado contra os trabalhadores no Brasil!  Um golpe que colocou na presidência projetos que nunca foram apresentados na última campanha à presidência. As reformas da previdência e trabalhista, quando aprovadas, aumentarão a idade mínima para a aposentadoria e darão fim às leis trabalhistas. Estes golpes estão marcadas para janeiro próximo.

Golpes que já pesam no lombo do povo brasileiro são a Reforma do Ensino Médio, e o chamado “Ajuste Fiscal” ou PEC 241 ou PEC 55. Estas barbaridades têm por objetivo privatizar escolas, formar pessoas sem consciência crítica, demitir, não realizar concursos, congelar o salário mínimo, a saúde, a educação, não fazer moradias populares, não ter pobres nas universidades e etc. Um claro ataque da burguesia aos trabalhadores e que deve ser votado(PEC 241 ou 55) e aprovada pela 4ª vez por 3/5 do Congresso na antevéspera de natal.

A forjada crise econômica se espalha pelo mundo capitalista. Em cada país onde já estavam consolidado direitos os ataques são os mesmos. Os burgueses fizeram contra os franceses sob muitos protestos. Estão fazendo, sob muitos protestos, contra Gregos e Espanhóis. Mantêm a população dos E.UA. sem qualquer direito e com a miséria avançando.

Para o Brasil preparam o pior. Na visão dos golpistas nacionais e internacionais o Brasil não passa do “Celeiro do Mundo”, condenado a entregar todo o patrimônio natural pelos portos e massacrar homens e mulheres para conseguir o que querem.

Metade do que o Brasil arrecada é para os investimentos do país, a outra metade é usada para pagar juros de uma dívida pública que se arrasta desde quando os Portugueses invadiram a Terra da Palmeiras. A taxa SELIC (decidida por Governo e banqueiros) é que decide em qual porcentagem ficarão os juros da dívida. Hoje, em 14%.

Nossa Constituição prevê uma Auditoria desta dívida. Que é injusta e criada com muitos papéis falsos. Com juros altíssimos, os grandes banqueiros que emprestam dinheiro para o país nem querem receber o que emprestaram, ficam com os juros rendendo para sempre.

 

 

comment closed